“Construindo Redes de Indignação e Esperança”: seminário reúne Padre Júlio Lancelotti, Daniela Arbex e Marina Silva nesse sábado, 07/05, às 10 h, em Brumadinho

Local: Auditório da Secretaria Municipal de Educação de Brumadinho (Rua Presidente Kennedy, 20 – Centro)

Evento gratuito e aberto ao público

O seminário “Construindo Redes de Indignação e Esperança” acontece no próximo sábado, 07/05/2022, às 10h, no Auditório da Secretaria Municipal de Educação de Brumadinho (Rua Presidente Kennedy, 20 – Centro, Brumadinho, MG). A atividade é gratuita e aberta ao público em geral.

No evento, Padre Júlio Lancelotti, Daniela Arbex, Marina Silva e Alexandra Andrade discutirão a importância da mobilização social em relação à segurança do trabalho e aos crimes ambientais – tanto para evitar novas tragédias como as de Brumadinho e Mariana quanto para apoiar as comunidades atingidas. A mediação será feita pela jornalista especializada em sustentabilidade Giane Gatti. O evento, que também terá uma apresentação musical de Sanráh Ângelo, que é de Brumadinho, será ainda o marco de lançamento do projeto Legado de Brumadinho.

Sobre os convidados

Marina Silva é ambientalista e política brasileira, tendo sido senadora pelo Acre entre 1995 e 2011 e ministra do Meio Ambiente entre 2003 e 2008. Daniela Arbex, jornalista, é autora de best sellers premiados que denunciam horrores da história do país, como a ditadura e os casos do Hospital Colônia de Barbacena e da Boate Kiss. Em 2022, lançou Arrastados: Os Bastidores do Rompimento da Barragem de Brumadinho, o Maior Desastre Humanitário do Brasil. Padre Júlio Lancelotti lidera grandes projetos assistenciais junto a menores infratores, detentos, pacientes com HIV/Aids e população em situação de rua. Atuou na criação da Pastoral do Menor da Arquidiocese de São Paulo e da Pastoral da Criança. Também colaborou na formulação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Alexandra Andrade é uma das fundadoras e preside a AVABRUM – Associação dos Familiares de Vítimas e Atingidos da Tragédia do Rompimento da Barragem Mina Córrego Feijão Brumadinho. Perdeu o irmão e um primo no rompimento da barragem e, desde então, trabalha incansavelmente para manter viva a verdade e a memória, lutando por justiça.